1B
Garota da Estrada
11.168 notas Reblog | Permalink
se me ver com outro é lógico que tu surta

Sabe como me sinto uma verdadeira idiota, por ter me apaixonado por você, e até pensado que tinha encontrado o que faltava na minha vida. Vivo com a esperança de que se toque e veja quem esta ao seu lado; sou aquela que te ama como ninguém amou, que se preocupa, liga, e fica sempre a te esperar a sus chegada. Só não perceba tarde demais. O que posso dizer é Te amo muito. E você? É que eu espero saber.

Sumi pra ver se alguém sentiria minha falta. E adivinha? Não deu certo.
Marcello Henrique. (via sou-inseguro)
"Queria que você fosse mais meu"
Já sentiu como se estivesse sozinho no mundo, como se ninguém te amasse? Ou como se ninguém se importasse com você? É assim que eu me sinto, me sinto em uma completa solidão.
Alef Santos. (via heroi-ignorad0)
5.851 notas Reblog | Permalink
Era tudo tão triste. E depois que as escolhas estavam feitas, jamais dava certo, pra ninguém, por mais que afirmassem o contrário.
O que quero é que daqui pra frente tudo seja diferente. Que tudo seja mais sereno, mais calmo. E que a vida não passe tão depressa, correndo, para que haja sempre um descanso para o corpo e paz para alma. Que eu me permita de ser feliz e tenha a coragem de me jogar de cabeça em tudo que me convém. Que a maior dor seja a saudade e que a cura esteja sempre próxima, sendo o abraço apertado de quem amo.
Amanda Oliveira (via evidencias)
9.966 notas Reblog | Permalink
112.221 notas Reblog | Permalink
Você acredita no depois? Prefiro o agora.
(Pitty)
Você diz que ama a chuva, mas você abre seu guarda-chuva quando chove. Você diz que ama o sol, mas você procura um ponto de sombra quando o sol brilha. Você diz que ama o vento, mas você fecha as janelas quando o vento sopra. É por isso que eu tenho medo, você também diz que me ama.
Shakespeare.  (via autorias)
Não é minha morte que me preocupa, é minha mulher deixada sozinha com este monte de coisa nenhuma. No entanto, eu quero que ela saiba que dormir todas as noites ao seu lado, e mesmo as discussões mais banais, eram coisas esplêndidas. E as palavras difíceis, que sempre tive medo de dizer, podem agora ser ditas: “Eu te amo”.
Charles Bukowski. (via jornalista)
25.926 notas Reblog | Permalink